terça-feira, 30 de maio de 2006

Novas Taxas Europeias a Vista?

Quando as instituições políticas parecem ter batido no fundo, sempre arranjam maneira de fazer um buraco ainda maior para poder ir mais além no que diz respeito a sua descredibilização perante a opinião pública.

Os serviços de SMS e e-mail são, actualmente, dois dos meios de comunicação amplamente utilizados na nossa aldeia global.

Pois bem, no JN de hoje avança a notícia de que houve um “artista” no Parlamento Europeu que teve a “ideia peregrina” de propor a taxação destes serviços. Sim, isso mesmo, para além dos custos inerentes da utilização do SMS e do correio electrónico, discute-se a ideia de pagar um taxa sobre estes serviços para financiar os bolsos da comunidade europeia.

Nem mais: 1,5 cêntimos por SMS (!) e 0,00001 cêntimos por e-mail (!!). Segundo o deputado que propôs esta taxa, “são minúcias” mas “poderão gerar imensos lucros”. Assim, sem mexer uma palha, o Parlamento Europeu tenta gerar receitas de forma fácil para aplacar as necessidades monetárias da UE.

Estou muito curioso em saber como se pretende fazer a cobrança da taxa associada aos e-mails. Como é que será calculado o valor pagar por cada utilizador? Como serão tratadas as contas gratuitas amplamente divulgadas? E o spam? E as contas sob nomes fictícios?

E não pretendem ficar por aí: bilhetes de avião e companhias petrolíferas estão a seguir na lista de novas taxas europeias.

Sem comentários: