quarta-feira, 14 de junho de 2006

D. Sebastião Soares de Resende, 1906-2006

Completam-se hoje 100 anos sobre o nascimento de D. Sebastião Soares de Resende, primeiro Bispo da Beira (Moçambique), um pastor que se destacou pela defesa dos oprimidos e grande promotor da educação, responsável pela introdução do ensino superior na África lusitana de então.

O seu carácter intervencionista mereceu a atenção do Estado Novo, em particular pelos seus textos publicado no “Diário de Moçambique”, do qual foi o seu fundador. As suas pastorais eram portadoras de conteúdos doutrinais, ao mesmo tempo que apontava o dedo e tecia críticas de carácter político que lhe valeram, por três vezes, a suspensão do “Diário de Moçambique”. Foi considerado um visionário, dada a importância e a utilização que deu à comunicação social.

Participou ainda no II Concílio do Vaticano, onde se destacou de entre os representantes portugueses pela sua participação intensa nas discussões desta reunião magna, tendo tido as sua palavras eco na comunicação social italiana.

Faleceu no dia 25 de Janeiro de 1967, vítima de um cancro no esofago.

Hoje é recordado numa celebração a realizar na sua terra natal, Milheirós de Poiares (Santa Maria da Feira).

Sem comentários: