quinta-feira, 22 de junho de 2006

Já Corre Água

Há sensivelmente cinco, seis anos atrás, durante a fase final do mandato do Carlos Bento na Câmara Municipal de Vagos, apareceram uma série de sinais de trânsito que indicavam o percurso a seguir para chegar até as azenhas de Ouca. Quem viesse pela Estrada Nacional 109 já encontrava essa indicação, e todo o caminho estava devidamente assinalado. Pena é que, ao chegar a Ouca, mais precisamente ao chegar à fonte, o caminho terminava abruptamente aí. Não havia forma de chegar as azenhas. Os caminhos estavam completamente obstruídos e, ainda por cima, a água não chegava às ditas azenhas.

Estes sinais rodoviários, assim como os responsáveis pela decisão de aí os colocar, foram alvo da ira daqueles que foram levados até esse “beco sem saída” e, de modo geral, alvo de chacota por parte da população.

Na passada terça-feira a Junta de Freguesia de Ouca tratou da limpeza da vala hidráulica e desimpediu o acesso a azenha. Segundo alguns moradores, há 15 anos que a água ali não chegava, mas eu sou de opinião que terá menos tempo. Em todo caso, trata-se de um serviço que há muito poderia ter sido feito e foi eternamente adiado pelos anteriores executivos. Resta esperar ver como ficará aquela zona do lugar de Ouca, depois das merecidas obras de requalificação. Esta azenha, mais o arranjo da fonte, levam a crer que Ouca ficará com uma excelente área de lazer que merecerá o reparo de todos os moradores.


2 comentários:

Anónimo disse...

Parabéns pelo blog e pela iniciativa de tornar públicas as obras do executivo.

Parece-me bem que se trabalhe em prol da freguesia. Não deixa porém de ser curioso que se apresentem obras apenas pela mentade. Na verdade, de nada vale ter as azanhas em "melhores condições" se na verdade os acessos continuam a ser maus e as própias azanhas apresentam elevado estado de degradação.


Mas é o que temos..

Tony Almeida disse...

Não gosto de responder a comentários anónimos porque entendo que as pessoas, se têm opiniã, devem dar a cara por ela e não esconder-se atrás de um pseudónimo qualquer. No entanto, e por que entendi que pode haver alguma confusão em relação a este espaço que tenho co ciberespaço, penso que devo duas palavras a este comentário.

O meu blog é isso mesmo: o *meu* blog. Não pretendo, de modo algum, torná-lo um espaço de divulgação pública de qualquer executivo. Se vamos por aí, já tive inúmeras oportunidades de apresentar obras. Este blog trata-se de um espaço que tenho reservado para me expressar. Apenas isso.
Segundo, resolvi publicar este assunto porque se trata de uma questão que merece carinho por parte da população de Ouca. É verdade, os acessos não estão *ainda* em condições, mas também penso que deixei claro que há planos para aquele lugar. Roma e Pavia não se fizeram num dia.

Quanto a degradação da azenha, bem... aqui estamos a falar de propriedade privada, e tenho entendido que há conversações. Mais sobre este assunto desconheço, uma vez que não faço parte do executivo da freguesia. Uma coisa é verdade: se não se tivesse descurado o acesso da água a azenha, esta não teria a roda no estado de degração que actualmente apresenta.

Mesmo assim, agradeço o comentário e, em todo caso, estarei atento a este assunto.