terça-feira, 31 de outubro de 2006

TENHAM MEDO! TENHAM MUITO MEDO!!

TENHAM MEDO! TENHAM MUITO MEDO!!

O Halloween está aí! Uma tradição que nada tinha a ver com a nossa cultura de fortes raízes cristãs, acabou por se deixar contagiar pela singularidade que este evento tem do outro lado do Atlântico, emaranhada na cultura pop americana.

O curioso é que o Halloween é uma tradição que tem origem em celebrações pagãs dos povos celtas. O nome deve-se a uma evolução da expressão "All Hallow Eve", que é como quem diz, véspera do Dia de Todos os Santos. Há quem defenda que a designação Halloween venha antes da expressão "Hallow Evening".

O que começou por ser em Portugal uma demonstração tímida desta tradição, é actualmente mais um "mercado", explorado particularmente pelos industriais da noite, ou não seria esta a noite das bruxas, como só nós chamamos a esta noite.

Uma das imagens de marca da noite de Halloween são as famosas abóboras esculpidas e que no seu interior têm uma vela. Diz a lenda que Jack, por lhe ter sido vedado o acesso ao Paraíso e ao Inferno (neste último por ter enganado o Diabo!), foi condenado a vaguear pelo mundo dos mortos, tendo esculpido uma lanterna num nabo. Sim, num nabo! A abóbora apareceu depois porque nos Estados Unidos da América este último era muito mais abundante (e convenhamos, mais fácil de esculpir). Eu próprio gosto de fazer uma pequena obra de arte neste dia. E é já a seguir...

Finalmente, e para acabar a condizer com o dia, Yo no creo en Brujas... pero de que las hay, las hay!

Sem comentários: