quinta-feira, 22 de março de 2007

Oh! Xôr Engenhêro! (2)

A questão de fundo não é o facto de o nosso "Primeiro" ser ou não ser Engenheiro. Vivemos numa sociedade que vive preocupada com estes epítetos profissionais, que em nada reflectem a verdadeira competência da pessoa.

Mais importante é a credibilidade da figura máxima do nosso governo.

Como se pode dar crédito a uma pessoa que tanto exige dos portugueses, que impõe tantos sacrifícios aos portugueses, quando ela própria preferiu enveredar pelo caminho do "facilitismo" para poder alcançar os seus próprios objectivos?

Sem comentários: