domingo, 17 de junho de 2007

Não chegou...

Ora vejamos, Portugal ganhou a selecção de Israel por 4-0 *e* José Couceiro não estava no banco. Coincidência?

Acho que há aqui motivos muito sérios para nos insurgirmos contra a arbitragem deste europeu: há muito que José Couceiro deveria ter sido expulso mas os árbitros teimaram em não mostrar a cartolina ao seleccionador nacional. Será o sistema?

Mantenho as críticas que já fiz a este seleccionador e lamento que esteja em risco a participação da selecção nacional nos Jogos Olímpicos de 2008. Mais uma vez precisamos daquela ferramenta muito importante no futebol português: a máquina de calcular.

Sem comentários: