quinta-feira, 26 de julho de 2007

Ele há coisas... (2)

Óscar, o gato que sabe quem vai morrer

«Num artigo publicado no prestigiado New England Journal of Medicine, o geriatra e professor universitário David Sosa explica como Óscar anuncia a morte iminente de um doente. Todos os dias, Óscar levanta-se da sua posição favorita e dá início a um passeio pelo 3º piso do centro de saúde. Quarto após quarto, o gatinho de dois anos de idade vai-se abeirando das camas, cheira os doentes e, de vez em quando, entrega a sua mensagem de morte: sobe para a cama, enrosca-se no corpo do doente e fica ao seu lado até ao último suspiro.

Este comportamento já foi verificado por mais de 25 vezes, segundo o professor da Universidade Brown, num testemunho corroborado pela sua colega Joan Teno.»

in
Publico online

2 comentários:

Andábata disse...

Eh pá! Lavem o pêlo do gato, que tem veneno!

Tony Almeida disse...

:-)