quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Depois da 'bronca'...

Ministro Rui Pereira ordena à GNR para regularizar situação dos 900 vigilantes

Foi necessário que a comunicação social expusesse a situação mais do que precária destes vigilantes florestais, sem contratos assinados e muitos sem receberem qualquer pagamento, para que o ministro se dignasse a fazer aquilo que deveria ter sido feito logo no primeiro dia em que os 900 vigilantes foram contratados.

Se tudo isto fazia parte do plano de prevenção de fogos florestais, não se consegue perceber como é que situações 'terceiro-mundistas' como estas podem acontecer. Sendo estas pessoas uma primeira linha da defesa da nossa floresta, não compreendo como é que o governo se pode dar ao luxo de deixá-los numa situação de desgaste e desmotivação. É assim que se pretende defender a floresta nacional?

E assim vai o governo da república...

Sem comentários: