sexta-feira, 3 de agosto de 2007

Isso já é pedir demais!

Sobre a vigília de apoio a Dalila Rodrigues, podemos ler no Público online:

«Após a saída de Dalila Rodrigues do local, alguns colaboradores da directora suspiravam com desalento. Álvaro Roquette dizia apenas que a vigília foi “um sucesso” e que espera que “o próximo director (Paulo Henriques, que transita do Museu Nacional do Azulejo) continue o trabalho da actual directora. O arquitecto Manuel Graça Dias rematava que, no final deste processo que lhe causou “repulsa”, “resta o museu”. “E espero que reste um pouco de bom senso no Ministério da Cultura”.»

Pedir que o próximo director continue o trabalho que vinha a ser feito pela futura ex-directora ainda vá... mas agora desejar que reste um pouco de bom senso no Ministério da Cultura?! Vão-me desculpar mas, atendendo aos disparates pegados que temos assistido em matéria de coerência, penso que já é pedir demais.

Sem comentários: