segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Orgulhosamente (e estupidamente) só

Os Estados Unidos estão, a partir de agora isolados no mundo em termos de políticas ambiental. O recém-eleito Primeiro Ministro da Austrália, Kevin Rudd, confirmou a ratificação do Acordo de Quioto, demonstrando uma preocupação séria com o meio ambiente, e num acto que pode, na minha opinião, ser considerado de demarcação política face à administração norte-americana.

Entretanto o mundo aguarda que Washington apresente o seu tão aguardado plano de protecção ambiental... ou então que mude o inquilino da Casa Branca.

Sem comentários: