sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

(Mais) Um Equívoco

Manuel Pinho, novamente no seu registo famoso de desdizer-tudo-imediatamente-no-dia-seguinte, vem dar mostras de que está em forma e pronto para enfrentar a reforma governamental.

Ainda ontem insinuava que a fábrica de Citröen em Mangualde poderia abandonar o país e deslocalizar-se para Marrocos, e em menos de vinte e quatro horas, em conversa com a comunicação social - num incrível jogo de cintura político, diga-se!, - vem dizer que não era nada disso o que tinha dito. Não foi nada disso o que disse no dia anterior, mas teve o cuidado de anunciar que lhe tinham sido dadas as garantias de que a fábrica não iria sair do país.

Um equívoco, diz ele. Mais um, dizemos nós.

Ah! E a remodelação do governo que demora...

Sem comentários: