quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Crise?!

Crise? Qual crise?
(recebida por e-mail)

Sem comentários: