sábado, 28 de fevereiro de 2009

Ah! Valeu sempre a pena...

Valeu sempre a pena defender incondicionalmente o Sócrates durante estes anos a fio nos jornais e no blogue.

Vital Moreira é cabeça de lista do PS ao Parlamento europeu

"Zero" a Biologia

Penso que António Costa queira falar de simbiose:

António Costa chama “parasita” ao Bloco de Esquerda

Há coisas muito estranhas

O denominado e já muito badalado "caso Freeport" (ou "Fripóre", como preferirem) tem trazido a público todo um conjunto de informações que, no mínimo, são bastante estranhas e cuja coincidência chegam a mesmo a despertar alguma desconfiança ao mais céptico dos observadores.

Para além do descrédito a que foi atirado o malfadado segredo de justiça, em que inúmeras informações classificadas sobre este processo têm vindo a público, têm surgido nos órgãos de comunicação social algumas histórias que se revestem da maior suspeita, criando todo um ambiente de "teoria da conspiração".

Uma delas é a "periodicidade" com que a questão tem vindo à luz do dia, primeiro em 2005 e agora em 2009, coincidindo com os períodos eleitorais. Esta "coincidência" já permitiu ao Primeiro-Ministro desempenhar o papel de vítima de "campanha negra", afinando pelo mesmo diapasão o séquito mais próximo a José Sócrates. Entretanto, investigadores da PJ já vieram afirmar que não houve nenhuma paragem tácita e/ou conveniente nas investigações, garantindo antes que o processo "não esteve parado durante três anos", e queforam feitas "inúmeras diligências de busca entre 2005 e 2008".

Ainda entre os factos "curiosos", temos as suspeitas que surgiram na comunicação social que davam conta de haver magistrados encarregados no processo Freeport que desconfiavam que poderiam estar sob vigilância, suspeitas rapidamente rebatidas pelo SIS, num comunicado público inédito, se atendermos a carácter reservado que o SIS sempre manifestou.

Estas suspeitas ficam mais acentuadas hoje com a notícia de que o computador de um dos procuradores titulares do “caso Freeport” terá sido infiltrado por um “cavalo de Tróia”, que permite aceder remotamente à memória dos computadores, ler, copiar e reenviar ficheiros para um endereço pré-definido. Algumas más línguas já comentaram que o dito procurador terá andado a navegar por sítios da Internet menos próprios, uma insinuação no mínimo ridícula.

No meio disto tudo uma coisa é certa: se há alegadamente corruptores activos então alguém foi passível de corrupção.

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Para uma empresa low cost até que é caro...

Ryanair pondera cobrar idas à casa de banho

A Ryanair está a analisar a possibilidade de cobrar uma libra (1,2 euros) pelo uso da casa de banho nos aviões, anunciou o director executivo da companhia aérea irlandesa de baixo custo.

A Esquerda Popular

A demagogia e acção popularucha do Bloco de Esquerda (Sim! Popularucha. Que outro nome se pode dar ao folclore montado pelo BE?) por vezes tem destas coisas.

O Primeiro-Ministro não irá estar presente na Cimeira Europeia porque prefere vai estar presente na Festa de Entronização no Congresso do PS que decorre no mesmo fim-de-semana. A Manuela Ferreira Leite critica esta atitude dizendo que é "inaceitável e escandalosa" a ausência do Primeiro-Ministro a cimeira que decorre sob o signo da crise económica. E quem é que o Louça critica? Claro! A líder do PSD! Aproveita ainda a deixa e despeja a habitual verborreia reaccionária relativamente ao que pensa sobre a UE.

Descaradamente o BE começa a posicionar-se ao lado do PS, procurando assim um entendimento para ocupar um lugar governativo nas próximas eleições.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

O fim de uma era

A televisão tal como a conhecemos tem os dias contados. Não, não se trata de uma frase feita, é a constatação do que se sabia que vinha aí mas que ainda não tinha data afixada.

A Televisão Digital Terrestre (TDT) veio definitivamente para ficar e substituir a velhinha televisão analógica que todos temos em casa. A União Europeia já tinha anunciado que queira ver o fim da televisão analógica em 2012, a Portugal Telecom ganhou o concurso (ganda negócio) para operador TDT em Portugal e só faltava definir a data. Aí está ela: a sentença de morte está decretada para o dia 26 de Abril de 2012, decisão tomada hoje em Conselho de Ministros.

Pode ser que eu me engane, mas esta história das "boxes" para poder receber o sinal TDT ainda vai dar que falar...

Sabichões 2008 - A XIII Edição

Associado ao número treze está todo um folclore supersticioso, sendo, regra geral, conotado ao azar. Neste caso o número treze é revelador de um projecto que resistiu ao tempo, chegando assim ao seu décimo terceiro ano de existência.

Os Sabichões, tal como se pode ler na sua entrada na Wikipédia (muito incompleto ainda, é verdade), teve a sua origem numa «ideia de, por um lado, desenvolver a interacção cultural entre as freguesias do concelho de Vagos e, por outro, despertar o interesse colectivo para os aspectos tradicionais inerentes a cada freguesia, permitindo a divulgação da maravilhosa diversidade folclórica que incorporam um património que se pretende preservar e transmitir às gerações vindouras». Surge assim um concurso de componente lúdico e cultural que teve a sua primeira edição no longínquo ano de 1997, tendo decorrido no auditório do Centro de Educação e Recreio (CER) de Vagos. A partir daí, percorreu as várias freguesias do concelho.

O regresso a Vagos pode traduzir-se em duas coisas: primeiro, todas as freguesias tiveram a oportunidade de acolher este evento, uma das pretensões que a organização original de "Os Sabichões" sempre desejou ver concretizado; segundo, trata-se decididamente de um evento que foi acarinhado e recolheu as mais diversas simpatias nos lugares por onde passou o que lhe confere "pernas para andar" pelo menos mais uma volta pelo concelho :-)

Nesta sua 13.ª edição, Os Sabichões 2009 - O Regresso dos Sábios, o concurso regressa à sede do concelho, congregando na sua organização as mais diversas pessoas que fizeram parte das várias organizações que este concurso já conheceu nas edições anteriores, entre as quais eu tive o prazer de integrar, tudo conduzido pelo maestro Alexandre Ferreira.

Entretanto já foi sorteado a presença das equipas nas várias sessões, faltando apenas a confirmação das datas em que decorrerá esta edição de Os Sabichões". Toda esta informação está disponível no sítio do concurso (que pode ser consultado aqui), o qual ainda está ainda em construção e no qual serão colocados mais conteúdos referentes aos 13 anos de existência de esta "instituição" vaguense.