quinta-feira, 5 de março de 2009

Euromilhões

Primeiro, a justificação era que os aumentos dos combustíveis se deviam ao aumento do crude nos mercados internacionais. Depois, com a baixa acentuada do barril de petróleo, a justificação era que a opinião pública não tinha o conhecimento correcto do funcionamento do mercado: afinal o preço do crude não é o mais importante, sendo que os preços estão condicionados ao mercado internacional de produtos refinados. Mudam-se os tempos, mudam-se as explicações...

Independentemente destas "explicações", não é possível ficar indiferente (e mesmo indignado!) com a divulgação dos resultados da Galp, que ontem anunciou um lucro de 478 milhões de euros, o que se traduz num aumento dos lucros em 14%. A indignação deve-se, acima de tudo, à explicação destes lucros: a Galp Energia «beneficiou da lentidão com que a petrolífera acertou os seus preços pelos valores internacionais nos últimos três meses do ano passado». Ou seja, «a companhia registou [durante este período] um aumento de quase 200 por cento dos seus lucros, que foi de 125 milhões neste trimestre (mais 198,8 por cento)».

Falta apenas dizer que este "bom desempenho" da petrolífera nacional já nos custou o segundo lugar do pódio no concurso europeu "A Gasolina Mais Cara da Europa", tal como foi noticiado na semana passada.

Eu por mim, continuo a não por gasolina na Galp (não que faça muita diferença, mas marca um posição).

2 comentários:

Fliscorno disse...

Olha e vão dois. Quando abasteço vou sempre a uma dessas marcas brancas, pagando cerca de 10 cêntimos a menos por litro!

Tony Almeida disse...

Ah, pois! Em Aveiro também se conseguem descontos desses. Em Coimbra, à falta de concorrência, apenas o posto de combustível do Continente (ex-Carrefour) pratica, se não me engano, preços cinco cêntimos mais baixos. Outras estações de serviço da cidade já reagiram, mas não me dei ao trabalho de verificar como. Pode ser que a página com os preços da estações de serviço, quando funcionar como deve ser, me permita fazer essa comparação.