sexta-feira, 24 de abril de 2009

Diz-se

«(...)as ruas encheram-se de gente gritando: "Liberdade! Liberdade!". A Polícia ainda carregou sobre os primeiros manifestantes, mas já era tarde: tínhamos perdido o medo.»

Manuel António Pina, in JN

Sem comentários: